Quinta-feira,Abril 18, 2024
12.5 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Aeroporto do Porto voa mais alto

A inesperada ligação a Reykjavík, capital da Islândia, a iniciar a 6 de Abril a partir do Porto pela companhia aérea islandesa Play, é uma das principais novidades que envolve a actividade do aeroporto de Francisco Sá Carneiro.

Aeroporto do Porto voa mais alto
DR

Daqui vai ser possível viajar também para Viena a bordo de aviões da Austrian Airlines desde 1 de Abril próximo com uma frequência trissemanal e Riga, Letónia, será outro novo destino assegurado pela Air Baltic com o voo inaugural marcado para 1 de Maio.

As boas novas não ficam por aqui e Oslo, no Verão, e Copenhaga, em Setembro, são as cidades nórdicas disponibilizadas a partir do Porto. E outras se sucedem. Dentro em breve Nova Iorque terá voos diários assegurados pela TAP com partida do Francisco Sá Carneiro de onde a mesma companhia oferece Luanda como novo destino. O leque intercontinental completar-se-á com três voos semanais para o Brasil.

«São óptimas notícias», comentou a O Regiões Nuno Cardoso, ex-presidente da Câmara Municipal do Porto.

Também o presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, fez já declarações em que assinalou 2023 como o ano «recorde» de companhias a voar para o Porto.

É conhecida a forma negativa como diversas autoridades nortenhas, nomeadamente autárquicas, reagiram ao que consideram o desprezo a que o aeroporto Francisco de Sá Carneiro foi votado pela TAP.

- Publicidade -
DR

Não esquecem, por exemplo, a tentativa de desviar para Lisboa os passageiros galegos que normalmente demandavam o Porto para algumas das suas viagens.

Muitas companhias aéreas estrangeiras, entretanto, têm vindo a assegurar um tráfego aéreo cada vez mais intenso. São hoje uma trintena que voam para 116 destinos diferentes de 28 países.

Na passada segunda-feira realizou-se   o primeiro voo da nova rota Telavive-Porto da companhia israelita Sun D’or. A empresa vai operar duas ligações semanais.

O Francisco Sá Carneiro, líder incontestado do noroeste peninsular, tem outro motivo especial para se sentir orgulhoso: em Janeiro foi distinguido pela AirHelp, organização internacional de defesa dos direitos dos passageiros aéreos, como o sétimo melhor aeroporto europeu.

- Publicidade -
Jorge Massada
Jorge Massada
Durante 16 anos foi jornalista do EXPRESSO e em 2003 fundou e dirigiu ao longo de uma década o jornal on-line Ciência Hoje. Jorge Massada nasceu no Porto em 14 de Janeiro de 1950 e iniciou-se nas lides da escrita aos 18 anos no Diário de Lisboa/ Juvenil. Trabalhou e colaborou em vários jornais. Participou em diversas programas televisivos, nomeadamente sobre o tema da eutanásia que começou a desenvolver em 1984. Foi Prémio Nacional de Reportagem do Clube Português de Imprensa em 1991 com o trabalho "Crimes à Portuguesa" e Menção Honrosa do mesmo Clube em 1990 com a reportagem "Os Artesãos da Hereditariedade".

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor