Segunda-feira,Abril 22, 2024
8.7 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Agra, a cadela Heroína

Agra, a cadela da GNR que salvou o pequeno Baran na Turquia

Agra é nome da cadela que sinalizou o pequeno Baran, de dez anos, que foi retirado com vida dos escombros de um prédio, na cidade de Antáquia, na província de Hatay, na Turquia. A operação de resgate foi feita por membros da equipa de socorristas portugueses enviados para a Turquia, após o Sismo.

foto da agra procurando sobreviventes
Foto DR
menino BARAN sendo salvo
Foto DR

Dois binómios (cão/homem) da GNR integram esta equipa de 52 elementos e, ao terceiro dia no terreno, a cadela da raça Pastor Holandês e o seu companheiro/tratador cabo Silva, do grupo cinotécnico da GNR de Évora, foram para cima dos escombros de um prédio onde ainda se procuraram vítimas. A equipa foi alertado por populares para sons ouvidos num monte de escombros.

A Agra fez a missão para que está treinada e teve sucesso. Sinalizou corpo de ser humano. Missão cumprida.

A restante equipa iniciou a busca nos escombros e obteve os sinais de vida da criança.

Foram três horas de intenso e emocionante trabalho para retirarem o pequeno Baran, que ali estava há cinco dias. Ferido mas vivo. Os momentos de retirada da criança foram delicados mas todos os elementos cumpriram a missão de salvamento com sucesso. O Pai de Baran, que escapou à derrocada, acompanhou a operação de resgate do único familiar que sobreviveu. A mulher e outro filho morreram. Baran foi hospitalizado e, apesar de ferido, está a recuperar. O comandante da missão portuguesa na Turquia, José Guilherme, afirmou que foi “uma emoção muito grande” conseguir resgatar uma criança, depois de vários dias sem sucesso.

- Publicidade -

E, embora sejam os homens a transmitir por palavras a emoção, para a cadela AGRA cada missão cumprida com sucesso é também um momento de intensa satisfação canina que só quem os conhece bem consegue entender. O cabo Silva saberá concerteza interpretar a sensação de felecidade da sua companheira Agra.

 

- Publicidade -
Manuela Teixeira
Manuela Teixeira
Jornalista Durante 35 anos com experiência em rádio, imprensa escrita e web jornalismo. trabalhou no jornal, Público, rádio TSF, Expresso, 24 Horas e Correio da Manhã, entre outros OCS. Como repórter foi correspondente à guerra na Bósnia, Kosovo e Timor. Só faz jornalismo com verdade, rigor e isenção. "Se não for assim, não é jornalismo!”

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor