Segunda-feira,Maio 27, 2024
12.5 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Autarca de Coimbra revoltado com anúncio Tribunal Central Administrativo e Fiscal (TCAF) em Castelo Branco

O presidente da Câmara de Coimbra está revoltado com o anúncio do Governo de instalar o novo Tribunal Central Administrativo e Fiscal (TCAF) do Centro em Castelo Branco. José Manuel Silva diz que Coimbra tem sido prejudicado pelo executivo socialista.

Central Administrativo e Fiscal (TCAF)
DR

“Fomos surpreendidos e ficámos chocados com o rápido anúncio por parte do Governo da intenção de instalação de um novo Tribunal Central Administrativo e Fiscal em Castelo Branco”, afirmou José Manuel Silva, esta segunda-feira na reunião do executivo de Coimbra.

O autarca eleito pela Coligação Juntos Somos Coimbra (PSD/CDS/NC/PPM/ALIANÇA/RIR/VOLT), recordou que o anúncio aconteceu depois de o município ter “forçado uma reunião com a senhora ministra da Justiça” para resolver vários problemas no setor que afetam o concelho e para defender a instalação daquele tribunal na cidade.

“O Governo socialista tem prejudicado Coimbra repetida e insistentemente na área da justiça, perante o silêncio cúmplice, que nunca deixaremos que seja esquecido, dos socialistas de Coimbra”, criticou.

José Manuel Silva salientou que “Coimbra vai mobilizar-se para lutar por mais investimento na área da justiça e não mais irá deixar-se enganar por meras e requentadas promessas”.

“Estamos revoltados”, asseverou, questionando: “Onde vai o Governo encontrar 16 juízes desembargadores para instalar o novo TCAF em Castelo Branco?”.

- Publicidade -

O presidente da Câmara de Coimbra ameaçou que o município irá “mobilizar-se para lutar por tudo aquilo que considera ter direito”.

O atual executivo defende, entre outros assuntos, a construção do há muito aguardado novo Palácio da Justiça, a relocalização do Estabelecimento Prisional de Coimbra e a mudança do Tribunal Constitucional e Supremo Tribunal Administrativo para a cidade.

 

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor