Domingo,Maio 26, 2024
19.8 C
Castelo Branco

- Publicidade -

“Azeite Virgem” apreendido pela ASAE em Penela

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), realizou uma operação de fiscalização direcionada ao combate a ilícitos criminais contra a saúde pública num estabelecimento de comércio por grosso de produtos alimentares, localizado no distrito de Coimbra, tendo apreendido 11 mil litros de azeite e óleo falsificado.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu mais de 11 mil litros de azeite e óleo alimentar no concelho de Penela, distrito de Coimbra.

Num comunicado, a ASAE informou ter realizado, “através da Brigada Especializada de Práticas Fraudulentas da Unidade Regional do Centro – Unidade Operacional de Coimbra, uma operação de fiscalização direcionada ao combate a ilícitos criminais contra a saúde pública num estabelecimento de comércio por grosso de produtos alimentares, localizado no distrito de Coimbra”.

“Azeite Virgem” apreendido pela ASAE em Penela
DR

“Como resultado da ação, foram detetados milhares de embalagens de óleo alimentar e de azeite, azeite virgem e azeite virgem extra que se encontravam prontas para serem introduzidas no circuito comercial, cuja rotulagem omitia e/ou tinha ilegíveis menções obrigatórias, tais como o lote, a data de durabilidade mínima e o endereço completo do operador responsável pela colocação do produto no mercado”.

A ASAE referiu que “foi instaurado o respetivo processo de contraordenação por falta, inexatidão ou deficiência das menções obrigatórias de rotulagem, tendo sido apreendidas 1.215 embalagens de óleo alimentar e 1.134 embalagens de azeite, a que correspondem 11.392 litros de produto”, num valor superior a 40 mil euros.

A ASAE garantiu ainda que, “dada a importância que a fileira do azeite representa para a economia nacional, continuará a desenvolver ações de fiscalização na área dos azeites, em todo o território nacional, em prol de uma sã e leal concorrência entre operadores económicos, na salvaguarda da segurança alimentar e saúde pública dos consumidores”.

- Publicidade -

Por isso, “a ASAE continuará as suas investigações no combate à fraude sobre o azeite, produto de excelência em Portugal”, diz ainda aquele organismo em comunicado.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor