Segunda-feira,Abril 22, 2024
8.7 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Câmara de Alcochete usa fundos do PPR na compra de bilhetes para Touradas

A Câmara Municipal de Alcochete comprou 600 bilhetes para touradas à empresa Toiros & Tauromaquia no valor de 12.200 euros. E o contrato foi celebrado no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PPR).

Câmara de Alcochete usa fundos do PPR na compra de bilhetes para Touradas

São cinco corridas de touros até agosto e a primeira realizou-se no passado dia 4 de março.

A autarquia, além de apoiar estes espetáculos, ainda compra centenas de bilhetes. No caso, este ano até recorreu aos dinheiros do PPR para pagar os respectivos 600 bilhetes. O contrato designado como ‘Aquisição do Serviço de Eventos Tauromáquicos” foi realizado âmbito do PRR- Componente 3-OIL Alcochete-Bairro do Passil-Eixo da Saúde'”.

O facto não passou em branco à líder do PAN, Inês Sousa Real, que já exigiu explicações à Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

“Estranha-se a sua inclusão do apoio no eixo da saúde e no âmbito de um projecto – bairro do Passil – que não tem qualquer relação com a actividade tauromáquica. Segundo informação divulgada pelo Município de Alcochete na sua página web, “o Bairro do Passil vai beneficiar da concretização de quatro projectos de intervenção social que representam um investimento que ultrapassa os 150 mil euros” no âmbito do Plano de Acção da Operação Integrada Local (OIL) Alcochete – Bairro do Passil”.

- Publicidade -

A deputada do PAN, salienta que o Plano de Recuperação e Resiliência “é um programa que visa implementar um conjunto de reformas e investimentos destinados a repor o crescimento económico sustentado, após a pandemia, reforçando o objectivo de convergência com a Europa, ao longo da próxima década. O PRR está alinhado com os seis pilares relevantes da estratégia europeia 2030, nomeadamente, a transição verde; transformação digital; o crescimento inteligente, sustentável e inclusivo, incluindo coesão económica, emprego, produtividade, competitividade, investigação, desenvolvimento e inovação, bem como um Mercado Único em bom funcionamento com pequenas e médias empresas (PME) fortes; a coesão social e territorial; a saúde e resiliência económica, social e institucional, inclusive com vista ao aumento da capacidade de reacção e preparação para crises;

Políticas para a próxima geração, crianças e jovens, incluindo educação e competências”.

Com este detalhe, Inês Sousa Real não encontra qualquer enquadramento na compra de bilhetes para touradas.

 

- Publicidade -
Manuela Teixeira
Manuela Teixeira
Jornalista Durante 35 anos com experiência em rádio, imprensa escrita e web jornalismo. trabalhou no jornal, Público, rádio TSF, Expresso, 24 Horas e Correio da Manhã, entre outros OCS. Como repórter foi correspondente à guerra na Bósnia, Kosovo e Timor. Só faz jornalismo com verdade, rigor e isenção. "Se não for assim, não é jornalismo!”

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor