Terça-feira,Junho 18, 2024
15.9 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Cap satisfeita com apoio de 140 milhões para a agricultura

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), Eduardo Oliveira e Sousa, considerou hoje “um bom anúncio” do Governo os 140 milhões de euros de apoios à produção agrícola que vão ser atribuídos este ano.

Cap satisfeita com apoio de 140 milhões para a agricultura
DR

O Governo vai atribuir este ano um apoio de 140 milhões de euros à produção agrícola. O apoio será atribuído, de forma direta, aos produtores agrícolas para fazer face ao aumento dos custos de produção. Em consequência, o executivo espera que esses apoios tenham impacto no menor preço que chegará ao consumidor final

O presidente da CAP, Eduardo Oliveira e Sousa, afirmou aos jornalistas, à margem de uma manifestação de agricultores em Évora, que, “neste momento, é um anúncio, portanto, nós agora precisamos de saber qual é que é o setor, quais são os setores, de que forma é que esses apoios estarão ou não disponíveis e quando”.

Apesar de ainda não ser mais do que um anúncio, “já é um bom anúncio por uma outra razão”, destacou o mesmo dirigente: “É que quem o anunciou é o ministro das Finanças, Fernando Medina, e, por isso, é um ministro em quem nós temos confiança, porque não tem nada a ver com a ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes”.

Por isso, continuou, “pode ser que finalmente o valor da agricultura esteja a ser trazido para a primeira linha da importância do trabalho do Governo”.

Questionado sobre se receia que estes 140 milhões de apoios não passem de uma promessa, Eduardo Oliveira e Sousa insistiu tratar-se de “um anúncio que tem alguma consistência, porque o primeiro-ministro António Costa falou exatamente em apoios à produção há dois dias, no parlamento”.

- Publicidade -

“E só tenho a ideia até de que não foi anunciado por ele, porque ele está em Bruxelas, portanto, esperemos que isto seja um bom anúncio”, insistiu.

Em conferência de imprensa, o Governo anunciou hoje vai atribuir este ano um apoio de 140 milhões de euros à produção agrícola.

Cap satisfeita com apoio de 140 milhões para a agricultura
DR

O apoio será atribuído, de forma direta, aos produtores agrícolas para fazer face ao aumento dos custos de produção.

Segundo a apresentação feita hoje no Ministério das Finanças, em Lisboa, esse apoio será para apoio aos produtores agrícolas para que esses consigam fazer face ao aumento dos custos de produção. Em consequência, o executivo espera que esses apoios tenham impacto no menor preço que chegará ao consumidor final.

Boas noticias para todos

Questionado sobre os detalhes desta medida na conferência de imprensa, o ministro das Finanças, Fernando Medina, não deu mais informações referindo apenas que “as negociações continuam sobre essa matéria” com o setor da produção.

O ministro das Finanças revelou ainda que vai reduzir o IVA dos bens alimentares essenciais, colocando a taxa em zero no cabaz de bens essenciais. Para já, o Governo ainda não fechou os bens abrangidos pela redução do IVA.

Igualmente questionado em Évora sobre este assunto, o presidente da CAP sublinhou tratar-se também de “um bom anúncio para todos os portugueses, incluindo os agricultores, obviamente”.

Instado a comentar se a ministra da Agricultura deveria ter estado presente nesta conferência de imprensa, nomeadamente no anúncio que respeita ao apoio de 140 milhões de euros para a produção agrícola, Eduardo Oliveira e Sousa foi perentório: “Eu acho que não vale a pena. Da senhora ministra da Agricultura não temos nada a esperar já, ultimamente”.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor