Segunda-feira,Abril 22, 2024
8.7 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Dois homens detidos por tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida no concelho de Castelo Branco

A Guarda Nacional Republicana (GNR) de Castelo Branco, através do Núcleo de Investigação Criminal de Idanha-a-Nova deteve dois homens, de 20 e 27 anos, por tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida, no concelho de Castelo Branco, no passado dia 5 de Março.

Dois homens detidos por tráfico
GNR – Comando Territorial de Castelo Branco

“Na sequência de uma investigação por tráfico de estupefacientes que decorria há cerca de um ano, os militares da GNR apuraram que os suspeitos atuavam de forma organizada e hierarquizada, vendiam diferentes estupefacientes, nomeadamente cocaína, haxixe e canábis diretamente aos consumidores”, lê-se no comunicado de imprensa que a GNR fez chegar ao Oregiões.

No decurso das diligências foi ainda possível apurar que os suspeitos forneciam também produto estupefaciente a outros abastecedores. A nota de imprensa das autoridades revela ainda que foram efetuados “três mandados de busca domiciliária nos concelhos de Castelo Branco e Idanha-a-Nova, que culminaram com a detenção dos dois suspeitos e com apreensão do seguinte material: 252 doses de haxixe, 13 doses de cocaína, 10 doses de canábis, um veículo, 6936 euros em dinheiro, cinco telemóveis, duas facas “borboleta”, duas botijas de óxido nitroso, dois computadores, um televisor, uma arma elétrica, um bastão de madeira, uma pistola de gás comprimido e diverso material para preparação, acondicionamento e consumo de produto estupefaciente”.

Os detidos, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, foram presentes no dia 7 de março, no Tribunal Judicial de Idanha-a-Nova, para aplicação das medidas de coação. Um dos suspeitos ficou sujeito a termo de identidade e residência e o outro a prisão preventiva, tendo sido conduzido ao Estabelecimento Prisional de Castelo Branco.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor

19.04.2024