Domingo,Maio 26, 2024
19.8 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Entrada livre no Dia Internacional dos Museus

O Dia Internacional dos Museus vai ser celebrado, no dia 18 de Maio, com ações e entradas livres nos museus, monumentos e palácios tutelados pela DGPC. No entanto, alguns monumentos vão estar encerrados, designadamente o Museu Nacional da Resistência e Liberdade, em Peniche (Leiria).

As iniciativas programadas para a Noite Europeia dos Museus, que se celebrou sábado (13 de Maio), e para o Dia Internacional dos Museus, no próximo dia 18 de maio, incluem, entre outras iniciativas, ‘peddy papers’ e recriações históricas, divulgou a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).

Entrada livre no dia internacional dos Museus
DR

A programação inclui ainda teatro de sombras chinesas, visitas a reservas museológicas, diversos ‘workshops’ e debates, com entrada livre nas diferentes instituições abertas na Noite dos Museus, assinalada após horário regular, e no Dia Internacional dos Museus.

No Museu Nacional dos Coches, entre um dia pleno de atividades inclui-se, no sábado, às 19h30, uma visita guiada às coleções do Antigo Picadeiro Real. Ainda neste museu, em Lisboa, no dia 14, entre as 10h e as 13h, está previsto uma concentração de automóveis antigos, na Praça do Museu, e, no dia 18, entre as 10h e as 18h, o ’peddy paper’ “Caça ao Retrato”. No dia 20, entre as 10h e as 12h30, realiza-se uma visita técnica “Conversas em torno da construção de um Coche, apreciado à escala natural 1/1 e reduzida 1/10”.

Outro museu lisboeta, o da Música, na estação do Metropolitano de Alto dos Moinhos, no sábado, às 20h30, realiza-se o espetáculo “A Ópera Italiana no Salão de Câmara”, por Yuri Marchese, na guitarra clássica, e Taíssa Poliakova Marchese, em piano. No dia 18, às 18h, realiza-se o concerto “O cravo mitológico”, por Anne Marie Dragosits, no Cravo Taskin, de 1782, classificado como “tesouro nacional”.

“Museus, Sustentabilidade e Bem-estar”

- Publicidade -

O Dia Internacional dos Museus é uma iniciativa do Conselho Internacional dos Museus (ICOM), que se realiza desde 1977. Esta iniciativa e a da Noite dos Museus “são impulsionadas em Portugal pela DGPC, através de convite junto dos espaços museológicos integrados na Rede Portuguesa de Museus para realizarem atividades dirigidas ao público, com uma oferta generalizada que pode ir de concertos, a visitas orientadas e encenadas, espetáculos de teatro e dança, tertúlias e debates”.

“Museus, Sustentabilidade e Bem-estar” foi o tema escolhido pelo ICOM para comemorar este ano o dia dos museus, dado que “são espaços transformadores das sociedades por excelência, com potencial para assegurar a saúde e bem-estar em todas as idades, promovendo sobretudo a saúde mental e combatendo o isolamento social”.

Entre outras atividades, o Palácio da Ajuda, antiga residência régia, no sábado, entre as 19h e as 20h, propõe a recriação histórica “D. Luís: uma visita musical ao Palácio da Ajuda”. No dia dos museus no palácio, de manhã, é proposto um “Encontro de Esgrima n’O Meu Palácio!”.

A DGPC deseja que estas duas datas motivem “fóruns de sensibilização, debate, conhecimento e educação para os assuntos relacionados com o combate às alterações climáticas e para as medidas de prevenção, ação e proteção dos ecossistemas e da biodiversidade”.

No próximo sábado, às 18h, o Museu Nacional do Traje propõe uma visita guiada sob o mote “Reservas: o que escondem os nossos armários…” e, entre as 18h e as 20h30, um ‘workshop’ “sobre as plantas tintureiras do parque do Monteiro-Mor, adstrito ao palácio onde se encontra instalado o museu”.

As diferentes atividades dos monumentos, palácios e museus sob a tutela da DGPC para a Noite Europeia dos Museus e o Dia Internacional dos Museus, respetivamente dias 13 e 18 de maio, estão na plataforma ‘online’ Dia Internacional dos Museus (DIM) (patrimoniocultural.pt).

Na Noite Europeia, no próximo sábado, os museus, monumentos e palácios tutelados pela DGPC, terão entrada gratuita no horário pós-encerramento.

Estarão, porém, encerrados nesta ocasião, os mosteiros da Batalha, de Alcobaça e o dos Jerónimos, em Lisboa, assim como os museus nacionais de Arqueologia e de Arte Contemporânea, na capital, o Museu Monográfico de Conimbriga, em Condeixa-a-Velha (Coimbra), o Museu Nacional da Resistência e Liberdade, em Peniche (Leiria), e também o Panteão Nacional e a Torre de Belém, em Lisboa.

No Dia Internacional dos Museus, o Museu Nacional Resistência e Liberdade estará também encerrado. As entradas são gratuitas, no dia 18, em todos os outros museus da Rede Portuguesa de Museus.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor