Quinta-feira,Abril 18, 2024
13.1 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Furtos de cobre arruínam explorações agrícolas

A confederação das cooperativas agrícolas enviou uma carta ao ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, pedindo “máxima prioridade” à resolução dos furtos nos postos de transformação nas explorações agrícolas

“A falta de respostas aos furtos nos postos de transformação que têm ocorrido em inúmeras explorações agrícolas de norte a sul do país, levou a Confagri [Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal] a endereçar uma carta ao ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, apelando a que se dê máxima prioridade à resolução deste grave problema”, anunciou, em comunicado.

De acordo com a confederação, este problema agravou-se nos últimos meses, penalizando os agricultores.

Neste sentido, a Confagri mostrou-se “inteiramente disponível” para colaborar com o Governo e encontrar uma solução “rápida e eficaz” para este problema.

“Não nos podemos esquecer que cada vez é mais difícil obter seguros que cubram este tipo de perdas, o que leva a que a totalidade dos custos fique por conta do agricultor que, na maioria dos casos, é uma parte considerável do seu rendimento”, apontou, citado na mesma nota, o secretário-geral da Confagri, Nuno Serra.

Também esta quarta-feira, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) estimou que os furtos nos postos de transformação elétricos nas explorações agrícolas geraram um prejuízo superior a um milhão de euros no último ano e pediu o reforço da vigilância.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor

16.04.2024