Terça-feira,Maio 21, 2024
11.6 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Habitação: Uma Cama a 200 Euros por mês

O custo do arrendamento de casa está muito acima do rendimento de uma família da classe média. A opção já está ao nível em que um casal só consegue pagar um quarto, que nas grandes cidades ronda os 500 euros. Se for só uma pessoa, as ofertas mais baratas passam por partilhar quartos ou camas em camaratas com beliches.

Ao consultar o mercado do arrendamento em Lisboa ou Porto, há ofertas são caras e más. Já vale tudo: sótãos, caves, anexos, quartos sem janelas, ou espaços transformamos em estúdios onde a cama está quase em cima da ‘cozinha’. Por mês, o preço por cama está acima dos 200 euros. Os quartos individuais são entre os 300 e os 600. Quarto de casal ronda os 500 euros. Os T0 andam pelos 600/700 euros. Os apartamentos T1 estão pelos 700/1000 euros. E mais que um T1, ultrapassa os 2000 por mês.

Habitação em Portugal
Foto DR
Habitação em Portugal
Foto DR

 

 

 

 

- Publicidade -

 

 

 

Depois há ainda a exigência de duas ou três rendas ou cauções, logo à entrada.

É este cenário caótico que se apresenta o problema da habitação em Portugal que o Governo tem em cima da mesa.

O primeiro-ministro António Costa diz que a habitação é prioridade do mandato e promete mudar as políticas. Diz ainda que a fatia do Plano de Recuperação e Resiliência para a habitação é de 2 milhões e 700 mil euros que permite disponibilizar casa digna a 26 mil famílias. Mas, garante o Governo mais medidas e incentivos de apoio, quer para o arrendamento, quer para a compra de casa. Medidas que visam proprietários e inquilinos. 

Fim dos ‘Vistos Gold’

O Governo prepara-se também para acabar com os vistos ‘gold’, uma as situações que permitiu um enorme investimento estrangeiro, 50% dos negócios em numerário, mas que acabou por inflacionar o mercado imobiliário e gerar maior especulação imobiliária.

O executivo socialista prevê ainda a criação de estímulos, nomeadamente fiscais, para que os proprietários canalizem para o arrendamento as casas que se encontram no alojamento local e devolutas. No caso das casas devolutas, o número é muito elevado nas grandes cidades e uma boa parte está em estado de degradação, podendo ser alvo de investimento público para que possam entrar no mercado de arrendamento.

 

- Publicidade -
Manuela Teixeira
Manuela Teixeira
Jornalista Durante 35 anos com experiência em rádio, imprensa escrita e web jornalismo. trabalhou no jornal, Público, rádio TSF, Expresso, 24 Horas e Correio da Manhã, entre outros OCS. Como repórter foi correspondente à guerra na Bósnia, Kosovo e Timor. Só faz jornalismo com verdade, rigor e isenção. "Se não for assim, não é jornalismo!”

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor