Domingo,Maio 26, 2024
12.5 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Imigrantes são atacados por jovens

OLHÃO: Jovens atacam imigrantes vulneráveis apenas por diversão

São jovens estudantes, de boas famílias, sem falta de dinheiro, que apenas se divertem a agredir imigrantes indefesos e vulneráveis. E já o fazem há algum tempo. O ataque ao nepalês, gravado e divulgado nas redes sociais, veio denunciar este grupo de jovens, entre os 16 e os 19 anos, que, ao que tudo indica, agem motivados por pura diversão perversa. Não precisam de roubar, não terão grandes motivações políticas. Serão apenas meninos rebeldes movidos por frustrações pessoais. Atacar gratuitamente o mais fraco e indefeso é uma cobardia que lhes dará gozo. Mas é um crime.

E, apesar de as autoridades já terem indícios suficiente sobre quem são os suspeitos, continuam sem serem detidos para interrogatório sobre o ataque ao cidadão nepalês, de 26 anos. Mas este não terá sido um caso isolado. Há indícios de pelo menos outros oito ataques a imigrantes. Ou seja, mais crimes de agressão.

Isto apesar do Ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, ter garantido que os jovens suspeitos estão identificados. Então porque ainda não foram interrogados?

O presidente da Câmara de Olhão, António Miguel Pina, que acompanha a situação, até já deu algumas pistas sobre o perfil do grupo de jovens agressor. “Afinal, o que é que se passa do ponto de vista da saúde mental destes jovens para fazerem disto diversão? Tanto quanto sabemos, não são muito carentes do ponto de vista económico, têm famílias mais ou menos estruturadas.

Levam-nos a crer que isto é um misto de diversão e exaltação das suas raivas. É preciso saber do ponto de vista de saúde mental o que se passa e se há mais problemas escondidos dentro da nossa juventude”.

- Publicidade -

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, foi esta segunda-feira a Olhão prestar solidariedade ao cidadão nepalês. Pediu desculpa em nome dos portugueses. Marcelo foi ainda dar uma palestra numa escola secundária, sobre cidadania.

imigrantes e não imigrantes juntos
Fonte DR
- Publicidade -
Manuela Teixeira
Manuela Teixeira
Jornalista Durante 35 anos com experiência em rádio, imprensa escrita e web jornalismo. trabalhou no jornal, Público, rádio TSF, Expresso, 24 Horas e Correio da Manhã, entre outros OCS. Como repórter foi correspondente à guerra na Bósnia, Kosovo e Timor. Só faz jornalismo com verdade, rigor e isenção. "Se não for assim, não é jornalismo!”

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor