Quinta-feira,Abril 18, 2024
13.1 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Mistério em Vigo: Mulher Encontrada Morta em Mala Revela Facada Fatal no Coração, Autópsia Desvenda Detalhes Chocantes

Uma descoberta macabra em Vigo, Espanha, está abalando a comunidade e despertando comparações com outro caso intrigante. O corpo de uma mulher, encontrado dentro de uma mala, revelou ter sido vítima de uma facada fatal no coração, conforme determinado pela autópsia cujos resultados foram revelados neste domingo. A vítima, aparentemente com cerca de 50 anos e de baixa estatura, está envolta em mistério.

O caso trouxe à memória a trágica história da grávida da Murtosa, devido à proximidade territorial entre os dois incidentes, aproximadamente duas horas e meia de distância. No entanto, a imprensa espanhola destaca que as características do corpo “não parecem coincidir” com as da desaparecida Mónica Silva.

A divulgação de mais detalhes sobre o homicídio chocante revela que o corpo foi encontrado na última quinta-feira em uma propriedade abandonada, conforme noticiado pelo jornal Faro de Vigo. A autópsia preliminar confirmou a natureza homicida da morte, mas a identidade da vítima permanece um mistério.

A análise do corpo indica uma idade de aproximadamente 50 anos, embora alguns detalhes sugiram que ela poderia ser mais jovem. Sua estatura extremamente baixa possibilitou que o corpo fosse colocado inteiro dentro da mala, sem desmembramento. Além disso, ficou estabelecido que a morte ocorreu entre seis a oito meses antes da descoberta.

Amostras de ossos foram encaminhadas para a Unidade de Antropologia Forense de Verín, juntamente com outras partes mortais, na tentativa de identificar a vítima. O avançado estado de decomposição dificulta a determinação se houve resistência por parte da mulher, deixando em aberto a possibilidade de uma luta entre ela e o agressor.

O Tribunal de Instrução de Vigo aguarda ansiosamente a identificação da vítima para prosseguir com novas provas. Surpreendentemente, não foi registrada nenhuma queixa de desaparecimento desde a descoberta do corpo. A Polícia Nacional de Vigo está investigando dois casos de mulheres desaparecidas, mas as datas não coincidem com a descoberta do corpo.

- Publicidade -

O jornal Faro de Vigo adiciona outro elemento intrigante, mencionando o desaparecimento de uma mulher de 33 anos desde agosto em Portugal, possivelmente a grávida da Murtosa, cujo paradeiro permanece desconhecido. No entanto, as características dessa mulher “não parecem coincidir a priori” com as de Mónica Silva, acentuando ainda mais o mistério que envolve esses eventos perturbadores.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor

16.04.2024