Segunda-feira,Maio 27, 2024
9.2 C
Castelo Branco

- Publicidade -

O estranho caso da mancha de sardinhas mortas da praia de Matosinhos

Centenas de peixes mortos deram à costa esta terça-feira de manhã na praia de Matosinhos, no distrito do Porto. As razões do fenómeno ainda não são conhecidas, estando a Polícia Marítima no local a averiguar as causas, disse à Lusa o porta-voz da Marinha, comandante Sousa Luís.

Centenas de peixes mortos
DR

Em declarações à Lusa, o porta-voz da Marinha confirmou que “há uma mancha de peixes mortos no areal da praia de Matosinhos” e que vários elementos da Polícia Marítima da capitania do Porto de Leixões se dirigiram para o local para “averiguar a causa”.

O alerta para a Polícia Marítima foi feito através de uma “queixa”, informou Sousa Luís, acrescentando que terão de ser feitas análises ao peixe para se apurar as causas. No entanto, para o responsável daquela força policial, o pescado morto que apareceu na praia de Matosinhos é sardinha e a causa mais provável será a queda acidental, ou intencional, de uma embarcação.

“Não há indícios de água contaminada por causa da quantidade baixa de peixes mortos”, acrescentou.

Segundo o comandante, a Câmara Municipal de Matosinhos é a entidade que vai proceder à remoção dos peixes que se encontram no areal.

Para o porta-voz, qualquer causa que seja por agora atribuída ao aparecimento dos peixes mortos, como poluição, água contaminada ou descarga do pescado de uma embarcação, é “especulação”.

- Publicidade -

A pesca da sardinha reabriu esta terça-feira, com um conjunto de limites diários para a descarga e venda, mas pode ser suspensa ou encerrada se, por exemplo, a quota for esgotada.

Segundo um diploma publicado em Diário da República na passada sexta-feira, a pesca da sardinha reabriu a partir das 00h00.

O limite de descargas de sardinha capturada com a arte do cerco é de 37.642 toneladas, que são repartidas pelas várias embarcações cujos proprietários ou armadores pertencem a organizações de produtores (OP) e pelo grupo que não pertence a OP reconhecidas para a sardinha.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor