Domingo,Maio 26, 2024
19.8 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Palestra / Conversa “João Pinto dos Santos – Político do Século XIX – natural de Donas”

A Real Associação da Beira Interior organizou, no dia 26 de Fevereiro de 2023, uma palestra subordinada ao tema “João Pinto dos Santos – Político do Século XIX – natural de Donas”. O orador convidado foi o professor universitário, investigador e historiador Hermínio Esteves. O evento decorreu no Centro Museológico António Guterres, em Donas, e teve o apoio da União de Freguesias de Fundão, Valverde, Donas, Aldeia Nova do Cabo e Aldeia de Joanes.

Palestra / Conversa “João Pinto dos Santos – Político do Século XIX – natural de Donas”

Na Mesa esteve o orador, o bisneto do João Pinto dos Santos, Nuno Pinto Barriga, e o Vice-Presidente da Real Associação da Beira Interior, Luís Duque-Vieira.

Devido ao reduzido número de pessoas presentes (estiveram 8 pessoas), a palestra passou a tema de conversa entre Hermínio Esteves e Nuno Pinto Barriga, tendo os restantes ouvido com atenção o desenrolar da sessão, para melhor conhecer um notável político português dos séculos XIX e XX.

João Pinto dos Santos foi um político notável e um estudioso de Direito, que nasceu em Donas (Fundão), no ano de 1856, e faleceu em Lisboa, em 1946. Frequentou o Seminário de Castelo Branco e, após o falecimento de seu tio, frei João da Purificação, cónego regrante, matriculou-se em Direito.

Nomeado Conservador do Registo Predial, em Santa Comba, foi posteriormente transferido para o Fundão. Foi deputado às Cortes entre 1887 e 1910, primeiro nas listas do Partido Regenerador e, a partir de 1902, do Partido Progressista, acompanhando depois a dissidência de José Maria de Alpoim. Foi nomeado par do Reino em Setembro de 1910. Foi Governador Civil de Santarém (1892-1893).

- Publicidade -

Conviveu com ilustres políticos e beirões da época: João Franco Pinto de Castello-Branco, Manuel Vaz Preto, Francisco Tavares Proença, José Franco Frazão (Conde de Penha Garcia), entre outros.

Desempenhou o cargo de chefe da 1ª Repartição Geral do Ultramar, considerado subdirector geral do Ministério da Marinha e do Ultramar. Em 1910 foi eleito par do Reino e, já na vigência da República, consultor jurídico do Ministério, cargo onde se manteve até à reforma em 1919.

Dedicou-se de alma e coração à advocacia, até 1940, quando cessou a sua actividade. A Ordem dos Advogados viria a conceder-lhe o título de «Advogado Honorário».

Foi candidato à primeira eleição para Bastonário da Ordem dos Advogados, com o Dr. Vicente Monteiro, tendo este sido eleito com os votos de João Pinto dos Santos e dos seus companheiros de escritório.

A palestra será realizada novamente em Outubro de 2023 na aldeia de Donas.

- Publicidade -
Luis Duque-Vieira
Luis Duque-Vieira
Colaborador desde a fundação d`ORegiões como Cronista sobre várias temáticas.

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor