Segunda-feira,Maio 27, 2024
12.5 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Palestra “Genealogia das Gentes da Lousa”

A Real Associação da Beira Interior organizou no dia 2 de Abril de 2023 uma palestra subordinada ao tema “Genealogia das Gentes da Lousa”. O orador convidado foi o professor, investigador e genealogista António Graça Pereira e o evento teve o apoio da União de Freguesias de Escalos de Cima e Lousa.

Palestra “Genealogia das Gentes da Lousa”

Na mesa estiveram como oradores o Presidente da União de Freguesias de Escalos de Cima e Lousa, João Miguel Baltazar, o Presidente da Associação Lousarte, José Teles Chaves e o Vice-Presidente da Real Associação da Beira Interior, Luís Duque-Vieira.

Milhares de baptizados, casamentos e óbitos foram registados numa recolha exaustiva e organizada de documentação dos registos paroquiais da aldeia de Lousa, documentação do Século XVI até 1911.

António Graça Pereira referiu-se a uma antepassada, sua trisavó, que era natural da Lousa. Também fez referência a alguns antepassados seus que nasceram na Lousa. Graça Pereira tem antepassados em várias localidades do distrito de Castelo Branco: Oledo, Vale de Prazeres, Lousa, São Miguel de Acha, Lardosa, Póvoa de Rio de Moinhos, Rosmaninhal, Ladoeiro, Soalheira…

Foi referido o método de Sosa – Stradonitz, ou seja, 1 – eu, 2 – pai, 3 – mãe, 4 – avô paterno, 5 – avó paterna, 6 – avô materno, 7 – avó materna … Todos temos 2 pais, 4 avós e, em princípio, 8 bisavós, 16 trisavós, 32 tetravós, 64 pentavós… Mas, ao fazer uma Árvore Genealógica, verificamos que alguns antepassados acabam por repetir-se, pois havia casamentos entre parentes, isto é, entre pessoas com antepassados comuns.

- Publicidade -

Vários apelidos foram referidos durante a palestra, como Baltazar, Chaves, Pio, Miguel, Calaveiras, Chioto, Marcelino, Marques, Lourenço, Correia, Fonseca…Tendo o orador cerca de três dezenas de apelidos ligados à aldeia da Lousa.

Outros documentos de fontes diretas foram apresentados por António Graça Pereira, como os registos paroquiais, militares, passaportes, processos do tribunal da Santa Inquisição, eclesiásticos e morgadios. Foram referidas também algumas fontes indirectas para a investigação genealógica: sites da internet, pagos e gratuitos, comunicação social (estudos publicados em livros, jornais e revistas).

No final da palestra houve curiosidade por parte da assistência, a fim de saberem quem eram os seus antepassados e ligações de parentesco. Foi verificado que António Graça Pereira tem grau de parentes com várias pessoas naturais e residentes em Lousa.

- Publicidade -
Luis Duque-Vieira
Luis Duque-Vieira
Colaborador desde a fundação d`ORegiões como Cronista sobre várias temáticas.

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor