Segunda-feira,Abril 22, 2024
11.5 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Quem não fizer hoje, amanhã é tarde

Uma das frases mais esclarecedoras da forma de estar na vida de Manuel Rui Azinhais Nabeiro. O Sr. Rui, como sempre foi conhecido e tratado. Com simplicidade, como simples foi ele próprio, não obstante toda a obra construída sob o ponto de vista comercial e, fundamentalmente, humano.

DR

Ao publicar apenas hoje este pequeno texto e a reportagem fotográfica das cerimónias fúnebres de Rui Nabeiro, Comendador por mérito absoluto, não cumpro (embora por razões que me transcenderam) com o espírito da frase/conceito que para título escolhi. Mas grave seria se, tarde que seja, não prestasse este meu singelo tributo a um Homem que bem ilustra o triste sentimento que há muito me acompanha: – Deixei de acreditar na espécie humana mas continuo a acreditar em Pessoas. Bem haja, Sr. Rui! Que o seu exemplo tenha continuidade.

- Publicidade -
António Duarte Mil-Homens
António Duarte Mil-Homens
Foto jornalista há 4 décadas como repórter e fotógrafo. Colaborou com diversas revistas e jornais nacionais e internacionais. Membro da AIMPIM (Associação de Imprensa em Português e Inglês de MACAU.) Sócio da Associação Portuguesa de Arte Fotográfica e da Halftone-Macau.

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor