Domingo,Maio 26, 2024
12.5 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Rainha Dona Amélia de Órleans e Bragança

A Rainha Dona Amélia de Orléans e Bragança nasceu em Twickenham (Reino Unido) no dia 28 de Setembro 1865 e faleceu em Le Chesnay (França) no dia 25 de Outubro de 1951.

Rainha Dona Amélia de Órleans e Bragança
DR

A Rainha Dona Amélia casou-se com o Rei Dom Carlos I de Portugal no ano 1886, desse casamento tiveram dois filhos: o Príncipe Dom Luís e o Infante Dom Manuel (que viria a ser o Rei Dom Manuel II).

Dona Amélia foi uma Rainha que nasceu no exílio em Inglaterra – Reino Unido (em França tinha sido implantada a República em 1870) e curiosamente faleceu no exílio em França (Portugal deixou de ser Monarquia em 1910).

A Rainha Dona Amélia teve uma vida atribulada e infeliz, ao nascer e falecer no exílio. Perdeu o marido e os dois filhos em vida, sendo que o marido e o filho mais velho foi no regicídio em 01 de Fevereiro de 1908. Também não teve netos, o que deu na extinção do Ramo do Rei Dom Pedro IV (actualmente o herdeiro à coroa e Chefe da Casa Real é o Senhor Dom Duarte de Bragança, descendente do Ramo do Rei Dom Miguel I). Era uma Rainha de vastíssima cultura, que fundou o Museu dos Coches e criou o Sanatório de Outão e os Serviços de Assistência Antituberculosa.

A Rainha Dona Amélia, durante o exílio referente à queda da Monarquia em Portugal, esteve em Londres com o Rei Dom Manuel II de 1910 a 1913, depois esteve em Versalhes, mas em 1945 visita Portugal sob a autorização do regime da II República – Estado Novo, em que era Presidente da República – Óscar Carmona e o Presidente do Concelho de Ministros – António de Oliveira Salazar.

- Publicidade -
Luis Duque-Vieira
Luis Duque-Vieira
Colaborador desde a fundação d`ORegiões como Cronista sobre várias temáticas.

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor