Terça-feira,Maio 21, 2024
11.6 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Recluso em fuga após emboscada

A Interpol emitiu um aviso internacional numa operação sem precedentes em França para capturar Mohamed Amra, o prisioneiro que escapou após uma emboscada a uma carrinha celular. O incidente, ocorrido na terça-feira no noroeste do país, resultou na morte a tiro de dois guardas prisionais.

A organização internacional de cooperação policial, sediada em Lyon, França, anunciou na rede social X: “Foi emitido um aviso vermelho a pedido das autoridades francesas, que procuram o prisioneiro fugitivo Mohamed Amra”. Conhecido como “A Mosca”, o prisioneiro é alvo de uma ampla busca, que envolve consideráveis recursos humanos e materiais.

A emboscada, além de resultar na fuga de Amra, provocou ferimentos graves em três outros elementos que integravam o comboio de veículos prisionais. O ataque foi descrito como extremamente violento e chocante pelo ministro francês do Interior, Gérald Darmanin. Em declarações ao “Le Monde”, Darmanin expressou a sua indignação: “Estamos chocados com a violência deste ataque. Teremos de levar a julgamento esta selvajaria que atinge a nossa sociedade e que mata pais de família.”

A caçada ao homem que se desenrola em França é inédita, com as forças de segurança empenhadas em capturar não só Amra, mas também os indivíduos responsáveis pela emboscada e pelos homicídios.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor

A Aceitação