Terça-feira,Junho 18, 2024
15.9 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Reino Unido vai proibir uso de telemóvel nas escolas

O Reino Unido vai passar a proibir uso de telemóvel nas escolas A principal resistência à nova lei britânica é esperada do lado dos pais, que de acordo com as orientações devem contactar os filhos através da secretaria, e não diretamente. Também os professores não poderão ser vistos nas escolas a usar telefones, exceto para urgências de trabalho.

O Reino Unido prepara-se para avançar com uma lei que proíbe o uso de telemóveis nas escolas britânicas. O modelo pode ser implementado de diferentes formas, desde obrigar os alunos a deixarem os telefones em casa, até à permissão de os trazerem consigo desde que não os utilizem nas aulas.

Apesar do plano do Governo britânico se preparar agora para ganhar forma de lei, a proibição ou restrição de uso de telemóveis nas aulas já é uma prática adotada pela maioria das escolas inglesas, segundo avança o jornal “The Guardian”, citando fontes de sindicatos de professores.

O plano que está à mesa dos ministros britânicos inclui um conjunto de orientações para as escolas, onde é apontado que também os professores não devem ser vistos a usar telemóveis nas escolas, à exceção de se tratar de assuntos urgentes ou estritamente necessários.

A norma é ainda extensível aos encarregados de educação, que devem ser incluídos na proibição. O contacto com os filhos deve ser feito através de uma chamada para a secretaria da escola e não diretamente para a criança, de acordo com as orientações do Ministério de Educação britânico (DfE, na sigla inglesa).

Embora a prática de restringir telemóveis já esteja a ser amplamente adotada pelas escolas inglesas, por sua iniciativa, vários diretores de estabelecimentos de ensino consideraram que as orientações que o Governo do Reino Unido prepara neste campo poderão vir a gerar resistência sobretudo do lado dos pais dos alunos.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor