Terça-feira,Junho 18, 2024
15.9 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Ucrânia: 1 ano de invasão russa

Ucrânia: 1 ano de invasão russa

Guerra na Ucrânia
Foto DR

Um ano em que as cortes da bandeira ucraniana, azul e amarelo, se agitaram em protesto contra a invasão da russa, a 24 de fevereiro de 2022. Num balanço destes 12 meses de guerra, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, falou de Kiev para o Mundo.

Guerra na Ucrânia
Foto DR

“Os ucranianos têm-se mostrado invencíveis”, salientou. “Temos tudo para vencer esta guerra, por isso a vitória é inevitável”, disse Zelensky. Salientou que sente orgulho da nação ucraniana e que acredita que a vitória poderá mesmo acontecer ainda este ano.

Durante o discurso, o presidente da Ucrânia agradeceu a todos os países que ficaram de lado do país e revelou a necessidade de a ajuda internacional não poder terminar. “Precisamos de apoio total de todo o mundo e é preciso trabalhar arduamente”, destacou.

A guerra na Ucrânia ja provocou a morte a mais de oito mil pessoas e dezenas de milhares de feridos, segundo estima a Organização das Nações Unidas (ONU), valor que poderá ser substancialmente superior.

Guerra na Ucrânia
Foto DR

A invasão russa é justificada pelo Presidente russo, Vladimir Putin, com a necessidade de “desnazificar” e desmilitarizar a Ucrânia para segurança da Rússia e vários países, nomeadamente Portugal, têm respondido com envio de armamento para a Ucrânia e imposição à Rússia de sanções políticas e económicas.

Guerra na Ucrânia
Foto DR
- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor