07:40 | Sexta-feira,Março 1, 2024
6.8 C
Castelo Branco

Violência doméstica com cinco homicídios nos primeiros três meses de 2023

Entre janeiro e março de 2023, registaram-se cinco homicídios em contexto de violência doméstica: três mulheres, um homem e uma criança.  As queixas apresentadas nas autoridades aumentam ligeiramente mas houve menos três mortes em relação ao ano passado. 1276 agressores estão em prisão efetiva e preventiva. 

Violência doméstica com cinco homicídios nos primeiros três meses de 2023
DR

Quase sete mil queixas por violência doméstica foram registadas no primeiro trimestre do ano, mais 3,7% do que em igual período de 2022, segundo dados divulgados esta segunda-feira, que apontam para uma descida do número de homicídios.

- Publicidade -

Segundo o portal da violência doméstica, publicado na página da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG), entre janeiro e março ocorreram cinco homicídios em contexto de violência doméstica, menos três do que no mesmo período do ano passado.

Dos cinco mortos, três eram mulheres, uma era criança e outro era homem.

Segundo o portal, a PSP e a GNR registaram 6.986 queixas por violência doméstica nos três primeiros meses do ano, enquanto no mesmo período do ano passado se tinham verificado 6.732 denúncias.

Em 2022, as queixas por violência doméstica registaram o valor mais elevado dos últimos quatro anos, com as polícias a contabilizarem 30.389 ocorrências no ano passado.

O portal, que publica trimestralmente estatísticas relativas aos crimes e homicídios voluntários em contexto de violência doméstica, indica também que estavam detidos por este crime 1.276 pessoas, 293 das quais em prisão preventiva e 983 em prisão efetiva, registando também um aumento do número de detidos face ao mesmo período de 2022 (mais 116).

De acordo com os dados, 1.139 arguidos estavam, entre janeiro e março, a cumprir medidas de coação no âmbito do crime de violência doméstica, 894 dos quais em vigilância eletrónica, um aumento de 180 face a igual período de 2022.

- Publicidade -

Um total de 2.387 pessoas estavam, no final de março, integradas em programas para agressores, 108 dos quais em meio prisional e 2.279 na comunidade.

Segundo a CIG, no primeiro trimestre do ano foram transportadas 313 vítimas e foram aplicadas 4.747 medidas de proteção por teleassistência no âmbito do crime de violência doméstica.

Os dados indicam ainda que 804 mulheres, 693 crianças e 15 homens, num total de 1512, foram acolhidos na Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica.

Últimas

A liberdade vai passar pelo Coliseu do Porto

A Liberdade vai passar pelo Coliseu do Porto com...

Guimarães recebe Campeonato Mundial de Ginástica Acrobática

O Campeonato do Mundo de Ginástica Acrobática, que estava...

Unidade locais de saúde Castelo Branco e Guarda vão deixar de operar cancro da mama

Sete unidades locais de saúde, entre elas a de...

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses Anuncia Greve Abrangente em Busca de Valorização e Condições Justas

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) anunciou, através de...

Manuel Frexes Absolvido de Todas as Acusações após Leitura do Acórdão em Castelo Branco

Esta quinta-feira (29/2), o Tribunal de Castelo Branco proferiu...
- Publicidade -

Furtos de cobre arruínam explorações agrícolas

A confederação das cooperativas agrícolas enviou uma carta ao ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, pedindo “máxima prioridade” à resolução dos furtos nos...

ACT no terreno combate falsos recibos verdes

Dezenas de inspetores da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) estão em cerca de 70 empresas a verificar a situação de trabalhadores cujo...

Sector empresarial do Estado registou prejuízo de 1,2 mil milhões

A TAP reduziu prejuízos em quase 2 mil milhões, mas nas outras empresas não-financeiras do Estado houve um aumento de 108,8 milhões. O sector...

Oliveira do Hospital aposta na internacionalização da Festa do Queijo Serra da Estrela

Em Fevereiro de 2023, a Estrelacoop - Cooperativa dos Produtores de Queijo Serra da Estrela iniciou o processo de candidatura do queijo Serra da...

MP quer aluno que agrediu professor em Felgueiras na prisão

O Ministério Público pediu, esta terça-feira, que o aluno, que agrediu um professor, numa escola de Felgueiras, em junho de 2023, seja condenado por...

Greve adiou mais de mil julgamentos

A greve dos guardas prisionais às diligências já levou ao adiamento de mais de mil julgamentos e de mais de 90% das sessões previstas,...

Agricultores portugueses enviam manifesto a Ursula von der Leyen

Os agricultores portugueses juntaram aos seus colegas do resto da União europeia e enviaram um manifesto á presidente da Comissão europeia, Ursula von der...

Prazo para validar facturas prolongado até hoje

O Governo decidiu dar mais dois dias de prazo aos contribuintes para validarem no Portal das Finanças as facturas emitidas ao longo do ano...