Terça-feira,Abril 16, 2024
26.7 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Cláudia André questiona Ministra da Agricultura sobre incêndios da Serra da Estrela em 2022

A deputada do PSD eleita por Castelo Branco, Cláudia André, questionou recentemente a Ministra da Agricultura sobre os apoios aos produtores afetados pelos incêndios da Serra da Estrela em 2022.

Cláudia André
DR

Depois de relembrar que a região “tem vastas áreas de produção agrícola sendo a setor primário e a indústria alimentar um dos sectores que mais impulsionam o desenvolvimento deste território”, Cláudia André afirmou que o incêndio de 2022 “foi aterrador e demolidor uma vez que as bases produtivas da região foram destruídas e com elas o equilíbrio entre as atividades humanas e o seu ecossistema ficou suspenso”.

Em comunicado enviado ao O Regiões, dentro das medidas anunciadas e formalizadas pelo Conselho de Ministros, a parlamentar salientou o apoio extraordinário aos produtores pecuários para aquisição de alimentação animal de um milhão de euros.

Desta forma, Cláudia André quis saber onde está a informação “dos segundos 500 mil euros disponibilizados aos produtores?”. Outro dos apoios anunciados é a aquisição de 10 toneladas de açúcar para apicultores, no valor de 20 mil euros já executados segundo a Ministra. Cláudia André quis saber “onde está a informação publica sobre estas atribuições?”.

A deputada quis ainda saber onde podem ser consultadas todas as informações sobre a reposição do potencial produtivo agrícola das explorações afetadas onde foi previsto uma dotação orçamental de 30 milhões de euros.

“Pondera repensar os montantes e as candidaturas que dizem respeito à reposição do potencial produtivo agrícola das explorações afetadas pelos incêndios uma vez que o relatório final de peritos sobre os Incêndios Rurais indica que os primeiros 30 milhões são provisórios? Pondera o governo pensar a metodologia para atribuir estes apoios, no que respeita as ações de estabilização e emergência após os incêndios, considerando a inutilidade das mesmas após alguns meses de aplicação?” foram outras questões levantadas por Cláudia André.

- Publicidade -

 

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor

15.04.2024