Segunda-feira,Maio 27, 2024
12.5 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Hotel Fonte Santa em Monfortinho vendido por 3,6 milhões de euros

Há uma reviravolta no negócio do Hotel Fonte Santa, localizado em Termas de Monfortinho, no concelho de Idanha-a-Nova. O cidadão chinês que tinha apresentado uma proposta milionária de 4,8 milhões de euros, mais de um milhão acima do valor base que o Novo Banco e a massa insolvente tinham indicado no anúncio de venda conjunta, desistiu da compra.

Hotel Fonte Santa em Monfortinho vendido por 3,6 milhões de euros
DR

O edifício do Novo Banco foi agora vendido a uma imobiliária portuguesa por 3,6 milhões de euros, que vão ficar à guarda do Estado. A venda foi realizada a uma imobiliária registada em Portugal, titulada por Divaldo Resende, empresário brasileiro. Foi a única proposta entregue no Tribunal de Comércio do Fundão, que faz parte do Tribunal da Comarca de Castelo Branco, validada pela juíza do processo de insolvência dos bens do Grupo Espírito Santo.

O administrador judicial Jorge Calvete ainda questionou a credibilidade da única proposta em cima da mesa, por ser de uma empresa constituída há pouco tempo, mas o tribunal desvalorizou o argumento e deu-a como viável.

Agora falta o Novo Banco e o administrador judicial da massa insolvente da companhia das águas Fonte Santa validarem o negócio e escriturarem a venda. O lote será vendido “livre de ónus e encargos” e o novo proprietário terá também de assumir os trabalhadores, respeitando os salários, categoria profissional e antiguidade à data da venda.

No final são quase 3,6 milhões de euros que ficam à guarda do processo-crime do GES. O arresto preventivo, autorizado no tempo do juiz Carlos Alexandre, também abrange o hotel, imóvel do Novo Banco.

Recorde-se que o administrador de insolvência da Companhia das Águas da Fonte Santa de Monfortinho SA tinha publicado um novo anúncio para a venda do Hotel Fonte Santa, em Termas de Monfortinho. O valor mínimo de venda rondava os três milhões e meio de euros e o prazo para a apresentação das propostas por carta fechada terminava a 23 de março, depois de uma primeira tentativa, cujo prazo para manifestação de interesse terminou a 13 de dezembro de 2022.

- Publicidade -

O Hotel Fonte Santa, atualmente a funcionar sob gestão da Amazing Evolution, que se “foca na gestão do ativo e não na compra”, tem quatro estrelas, 41 quartos, piscina, sala de conferências, SPA, capela, campo de ténis e fica junto ao balneário termal, contando ainda com uma oferta de percursos pedestres e de bicicleta, entre outras possibilidades.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor