06:27 | Sexta-feira,Março 1, 2024
6.8 C
Castelo Branco

Eutanásia volta ao debate em março

O diploma sobre a morte medicamente assistida vai ser reapreciado em plenário da Assembleia da República no dia 31 de março, decidiu hoje a conferência de líderes, quase dois meses depois de o Tribunal Constitucional (TC) ter apontado inconstitucionalidades no decreto aprovado a 9 de dezembro passado.

O diploma sobre a morte medicamente assistida
DR

O anúncio foi feito pela porta-voz da conferência de líderes, a deputada socialista Maria da Luz Rosinha, em declarações aos jornalistas no final da reunião da conferência.
Segundo fontes parlamentares ligadas ao processo, os partidos que estiveram por trás do diploma (PS, IL, BE, PAN) têm mantido contactos informais desde que o Palácio Ratton concluiu pela inconstitucionalidade do decreto, a 31 de janeiro passado, no sentido de encontrar uma fórmula consensual que responda ao chumbo do TC.

- Publicidade -

Em janeiro, ao chumbarem o diploma aprovado pelo Parlamento, os juízes do TC consideraram que “foi criada uma intolerável indefinição quanto ao exato âmbito de aplicação da nova lei”. Relembre-se que, na altura, o presidente do TC, João Caupers, referiu na leitura do acórdão que a nova lei não esclarecia a definição de “sofrimento para que uma pessoa possa ter acesso à morte medicamente assistida.

O novo texto que regula a eutanásia tem estado a ser “trabalhado” nos últimos dias e as alterações não são de fundo, mas entre os partidos proponentes joga-se à cautela e admite-se que “não é fácil” ter expetativas que a solução encontrada passe no TC.

A expetativa de ter encontrado a solução que agrade ao TC é, por isso, baixa entre as bancadas proponentes. O processo é considerado “frustrante e penalizador”, referiu um deputado à rádio Renascença, assumindo que já teve “muitas expetativas”, mas que “neste momento” não tem “nenhuma”, rematando com um “não chamo a isso fácil”.

Últimas

Guimarães recebe Campeonato Mundial de Ginástica Acrobática

O Campeonato do Mundo de Ginástica Acrobática, que estava...

Unidade locais de saúde Castelo Branco e Guarda vão deixar de operar cancro da mama

Sete unidades locais de saúde, entre elas a de...

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses Anuncia Greve Abrangente em Busca de Valorização e Condições Justas

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) anunciou, através de...

Manuel Frexes Absolvido de Todas as Acusações após Leitura do Acórdão em Castelo Branco

Esta quinta-feira (29/2), o Tribunal de Castelo Branco proferiu...

Exportações de mobiliário atingem os 2.199 milhões de euros

As exportações de mobiliário registaram cerca de 90% do...
- Publicidade -

Furtos de cobre arruínam explorações agrícolas

A confederação das cooperativas agrícolas enviou uma carta ao ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, pedindo “máxima prioridade” à resolução dos furtos nos...

ACT no terreno combate falsos recibos verdes

Dezenas de inspetores da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) estão em cerca de 70 empresas a verificar a situação de trabalhadores cujo...

Sector empresarial do Estado registou prejuízo de 1,2 mil milhões

A TAP reduziu prejuízos em quase 2 mil milhões, mas nas outras empresas não-financeiras do Estado houve um aumento de 108,8 milhões. O sector...

Oliveira do Hospital aposta na internacionalização da Festa do Queijo Serra da Estrela

Em Fevereiro de 2023, a Estrelacoop - Cooperativa dos Produtores de Queijo Serra da Estrela iniciou o processo de candidatura do queijo Serra da...

MP quer aluno que agrediu professor em Felgueiras na prisão

O Ministério Público pediu, esta terça-feira, que o aluno, que agrediu um professor, numa escola de Felgueiras, em junho de 2023, seja condenado por...

Greve adiou mais de mil julgamentos

A greve dos guardas prisionais às diligências já levou ao adiamento de mais de mil julgamentos e de mais de 90% das sessões previstas,...

Agricultores portugueses enviam manifesto a Ursula von der Leyen

Os agricultores portugueses juntaram aos seus colegas do resto da União europeia e enviaram um manifesto á presidente da Comissão europeia, Ursula von der...

Prazo para validar facturas prolongado até hoje

O Governo decidiu dar mais dois dias de prazo aos contribuintes para validarem no Portal das Finanças as facturas emitidas ao longo do ano...