Domingo,Julho 14, 2024
26.4 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Adélia Prado, Poetisa Brasileira, Recebe o Prestigiado Prémio Camões 2024

A renomada poetisa brasileira Adélia Prado foi agraciada com o Prémio Camões 2024, anunciou esta quarta feira o Ministério português da Cultura, destacando-a como uma voz inconfundível na literatura de língua portuguesa ao longo de décadas.

Adélia Prado, nascida em Minas Gerais em 1935, é reconhecida por uma obra singular que abarca múltiplas décadas, especialmente destacando-se na poesia, conforme justificou o júri ao conceder-lhe o prestigioso Prémio Camões por maioria.

Formada em Filosofia e professora, Adélia Prado estreou-se aos 40 anos com “Bagagem”, seu primeiro livro de poesia, apadrinhado por Carlos Drummond de Andrade, que elogiou sua lírica, sua dimensão bíblica e existencial, comparando-a a um clima benevolente.

Autora de obras emblemáticas como “O Coração Disparado” e “Terra de Santa Cruz”, bem como de prosa como “Solte os Cachorros” e “Cacos para um Vitral”, além de livros infantis como “Quando eu era pequena”, Adélia Prado também foi condecorada com a Ordem do Mérito Cultural pelo governo brasileiro em 2014.

Este ano marca a 36.ª edição do Prémio Camões, considerado o mais prestigioso galardão da literatura em língua portuguesa, instituído por Portugal e Brasil em 1988 para homenagear autores que tenham enriquecido e destacado a literatura em português.

O júri desta edição, composto por acadêmicos de Portugal, Brasil e Moçambique, atribui ao Prémio Camões um valor monetário de 100.000 euros, reconhecendo assim a contribuição ímpar de Adélia Prado para o panorama literário global lusófono.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor