Domingo,Julho 14, 2024
26.4 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Burlão chinês coloca em causa o sistema da segurança nacional de Portugal

Shen Feng entre outros nomes e identidades múltiplas configuram o dia a dia deste famoso burlão chinês que tem vindo a ser noticiado desde o ano de 2022 nos principais meios de comunicação social de Portugal e internacionais, incluindo a CNN Portugal, TVI e mais recentemente no Luxemburgo
O caso refere-se ao acesso irregular à Autorização de Residência para Investidores, vulgo Visto Gold, por parte de Shen Feng, um cidadão chinês que terá burlado vários investidores portugueses e chineses e falsificado documentos para acesso ao visto, beneficiando ainda os seus restantes membros da família uma vez que alguns são também cadastrados na China com penas superiores a dois anos o que inviabilizaria qualquer aprovação regular dos vistos e reunião familiar.
Volvidos praticamente cinco anos os suspeitos já podem na actualidade submeter o pedido de naturalização ou de residência permanente em Portugal recordando que para além da anunciada investigação em curso pelas autoridades competentes após denúncia à Procuradoria Geral da República segundo o noticiado na CNN Portugal, com a dissolução do SEF poderá ter dado azo a renovações automáticas e sucessivas sem escrutínio mínimo da própria Autorização de Residência para Investidores, favorecendo a continuidade da autorização de residência para o burlão e família em Portugal.
O governo português apresentou recentemente novas medidas políticas mais restritivas e com um maior escrutínio sobre os temas relacionados à imigração e segurança interna o que se espera de um reforço de empenho na resolução destes casos no âmbito da segurança nacional.
 

Além de Shen Feng, o agregado familiar que beneficia deste programa é composto Yu Bebei, descendentes de apelido Shen e outros familiares de apelido Han e Yu.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor