Segunda-feira,Abril 22, 2024
11.5 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Casa de Artes e Cultura do Tejo celebra aniversário com Pedro Abrunhosa e Luís Osório

A Casa de Artes e Cultura do Tejo, em Vila Velha de Ródão, celebra o seu 17.º aniversário, no próximo dia 25 de maio, às 21h, com um encontro intimista que junta Pedro Abrunhosa e Luís Osório.

Casa de Artes e Cultura do Tejo celebra aniversário com Pedro Abrunhosa e Luís Osório

Tendo como ponto de partida a escrita enquanto arte, nas suas diferentes manifestações, esta proposta singular assume-se como uma conversa intimista entre Pedro Abrunhosa, músico multiplatinado, homem de palco por excelência e escritor de canções, e o jornalista e escritor Luís Osório. Neste evento que não deixará ninguém indiferente, o percurso de ambos os intervenientes estará em destaque num diálogo acompanhado ao piano e onde não faltarão algumas das poderosas canções do músico do Porto, que fazem já parte da nossa memória coletiva.

A entrada nesta iniciativa é livre, mas limitada aos lugares disponíveis, pelo que os bilhetes estão sujeitos a reserva, que deverá ser feita no balcão da Casa de Artes e Cultura do Tejo ou através dos contactos de telefone (272 540 314) ou de e-mail (cactejo@cm-vvrodao.pt). Haverá um limite de quatro bilhetes por pessoa, devendo os mesmos ser levantados naquele local no prazo máximo de 48 horas após ser efetuada a reserva.

Viajante, escritor, compositor e homem de palco, Pedro Abrunhosa entrou na música pela via erudita e já recebeu todos os prémios nacionais de relevância. Vem encantando o público desde 1994, quando lançou o seu primeiro álbum “Viagens”, a que se seguiram tantos outros álbuns, hinos, lendas e adágios, a que o Autor nos habituou desde sempre. Durante todo este período foram milhares os concertos, recintos cheios, festivais, salas esgotadas, digressões que o levaram a todo mundo.

Nascido em Lisboa, Luís Osório dirigiu jornais e uma estação de rádio, imaginou programas de televisão, realizou documentários, encenou uma peça de teatro e foi premiado como jornalista e criativo. Tem oito livros publicados, de entre os quais se destaca o seu primeiro romance, “A queda de um homem” (2017), ou os mais recentes “30 Portugueses, 1 País” (2019), resultado de 30 conversas com figuras portuguesas das mais variadas áreas, e “Ficheiros Secretos – Histórias nunca contadas da política e da sociedade portuguesas” (2021).

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor

19.04.2024