Quinta-feira,Abril 18, 2024
12.5 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Eduardo Cabrita vai ser ouvido como arguido no caso do atropelamento mortal na A6

A notícia avançada pela CNN e confirmada pela TSF refere que o antigo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, vai ser ouvido como arguido em tribunal, na sequência do atropelamento mortal de um trabalhador na A6. Em causa está o crime de homicídio por negligência.

Eduardo Cabrita vai ser ouvido como arguido no caso do atropelamento mortal na A6
DR

A CNN Portugal explica que o Tribunal de Évora abriu instrução do processo interposto pela Associação dos Cidadãos Auto-mobilizados. O pedido de abertura de instrução por parte da associação tem como a responsabilização também do antigo governante pela morte do trabalhador na autoestrada.

Esta será a primeira vez que um juiz vai analisar a conduta de Eduardo Cabrita. A CNN confirma que o Tribunal da Relação de Évora deu provimento ao recurso da associação.

Além de Eduardo Cabrita, o motorista da viatura oficial, Marco Pontes, e o chefe de segurança da comitiva, Nuno Dias, foram também constituídos arguidos neste processo. Em 18 de junho de 2021, a viatura oficial em que seguia Eduardo Cabrita atropelou mortalmente Nuno Santos, trabalhador que fazia a manutenção da Autoestrada 6 (A6), ao quilómetro 77,6 da via, no sentido Estremoz-Évora.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor

16.04.2024