Quinta-feira,Abril 18, 2024
12 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Marcha pela saúde em Lisboa, Porto e Coimbra: “O povo merece melhor SNS”

Utentes, trabalhadores da saúde e sindicalistas marcham este sábado em defesa do Serviço Nacional de Saúde. A iniciativa, promovida várias estruturas sindicais ligadas à Função Pública e ao setor da Saúde, assim como pelo Movimento de Utentes dos Serviços Públicos (MUSP), que pretendem o envolvimento da população na “defesa do SNS, da resposta aos cuidados de saúde e dos direitos e condições de trabalho dos seus profissionais”.

Marcha pela saúde em Lisboa, Porto e Coimbra: "O povo merece melhor SNS"
Foto: Lusa

A marcha saiu do Campo Pequeno, em Lisboa, do Hospital de São João, no Porto, e do Centro de Saúde Fernão de Magalhães, em Coimbra. Foram estas cidade a organizar as três grandes manifestações, mas também houve ações em outras cidade do país. Milhares lutam pela defesa do SNS, “uma das maiores conquistas de Abril”, como salientou a secretária-geral da CGTP, Isabel Camarinha, presente na manifestação no Campo Pequeno, em Lisboa.

Marcha pela saúde em Lisboa, Porto e Coimbra: "O povo merece melhor SNS"
Foto: Lusa

“O povo merece melhor SNS”, “E o que é que o povo quer? Saúde para viver!” ou “O público é de todos, o privado é só de alguns” são algumas das frases que se ouvem enquanto os participantes caminham em marcha lenta pela Avenida da República, em direção ao Saldanha, no centro de Lisboa. Mas, para Isabel Camarinha, não basta defender o SNS, é urgente melhorar o SNS: “faltam meios, faltam melhores salários e melhores condições de trabalho para quem trabalha no SNS”.

Em declarações à agência Lusa, Sebastião Santana, coordenador da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, um dos promotores da marcha “Pelo Direito à Saúde, Mais SNS, Melhor Saúde!”, disse que “todas as pessoas presentes têm em comum a vontade de defender o serviço de saúde universal”.

 

 

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor

16.04.2024