Domingo,Julho 14, 2024
13.6 C
Castelo Branco

- Publicidade -

Passe Navegante permite estacionamento grátis em três parques de Lisboa

Os portadores de passe Navegante já podem utilizar gratuitamente alguns parques de estacionamento dissuasores existentes na periferia de Lisboa (Colégio Militar, Ameixoeira e Avenida de Pádua), anunciou o presidente da Câmara Municipal da capital, Carlos Moedas.

Os portadores do passe Navegante podem, a partir desta quarta-feira (3 de julho), estacionar gratuitamente nos parques do Colégio Militar, Ameixoeira e Avenida de Pádua, em Lisboa, uma medida para evitar que os carros entrem na cidade, incentivando o uso do transporte público.

“O nosso grande objetivo é que os carros não entrem em Lisboa, ou seja, diminuir a quantidade de carros em Lisboa. É uma cidade de 540 mil habitantes, mas todos os dias entram na cidade 360 mil carros e, para isso, desde o início dissemos que era preciso levar as pessoas a deixarem o carro para poderem apanhar o transporte público”, disse o presidente da Câmara de Lisboa. Carlos Moedas falava após descerrar a placa da designação Parque Navegante no estacionamento já localizado no Colégio Militar, que possui 415 lugares.

Também esta quarta-feira ficaram disponíveis nesta modalidade outros dois parques de estacionamento da Empresa de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL), na Ameixoeira e na Avenida de Pádua (Olivais), prevendo-se que em setembro a lista integre mais três parques – dois em Telheiras e, posteriormente, o da Azinhaga da Cidade (Ameixoeira).

Carlos Moedas lembrou que a cidade de Lisboa é “das poucas da Europa” que tem transportes públicos gratuitos “para os mais novos e os mais velhos” e que se pretende “uma cidade mais sustentável, com menos carros”.

“Isto tem de ser feito de uma forma gradual e não pondo uns contra os outros”, disse o social-democrata, lembrando os objetivos de ter Lisboa como cidade neutra em carbono até 2030 e o ‘contrato’ assinado com a Comissão Europeia no âmbito das 100 cidades missão da Europa neutrais em carbono (neste caso, o objetivo tem como limite 2050).

- Publicidade -

O processo para usar o passe de transportes públicos Navegante nos três primeiros parques disponíveis da EMEL passa por uma validação na cabine/receção do respetivo parque e, a partir daí, o acesso fica ativado. O estacionamento nesta modalidade fica disponível entre as 07:30 e as 21:00.

“Há parques como este em que já muitas pessoas trazem o carro, mas há outros, com o da Ameixoeira, que tem menos pessoas e queremos motivar a que deixem o carro. O importante é que os parques que estão na entrada de Lisboa começam a aceitar o passe, e as pessoas já não pagam o parque e já não têm desculpa para não apanhar o transporte público”, salientou o autarca.

O parque da Ameixoeira tem 489 lugares e o da Avenida de Pádua 248 lugares, enquanto o de Telheiras Poente disponibiliza 155 e o de Telheiras Nascente 106.

De acordo com fonte da câmara, ainda este ano abrirá o parque da Azinhaga da Cidade (165 lugares).

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor