Quinta-feira,Abril 18, 2024
13.1 C
Castelo Branco

- Publicidade -

MP quer aluno que agrediu professor em Felgueiras na prisão

O Ministério Público pediu, esta terça-feira, que o aluno, que agrediu um professor, numa escola de Felgueiras, em junho de 2023, seja condenado por tentativa de homicídio. A defesa já alegou que o arguido não teve intenção de matar.

A acusação considera que foram confirmadas, em audiência, as circunstâncias do crime, e que houve, de facto, intenção de matar o docente Hélder Sousa.

A audiência de julgamento, que decorreu em Penafiel, ficou marcada pelo pedido de desculpas do arguido, um aluno com necessidades especiais, que se encontra agora com 17 anos de idade.

O jovem desculpou-se por ter agredido, com um ferro, um docente da Escola Básica 2,3 de Lagares, no dia 5 de junho, provocando-lhe ferimentos na cabeça, nos braços e nas pernas, o que obrigou a que o decente tivesse de receber tratamento hospitalar.

O arguido, depois ter sido dada permissão pelo tribunal, dirigiu-se ao ofendido, quando aquele depunha, e pediu desculpas, tendo acabando ambos abraçados.

“Desculpe, desculpe”, repetiu o adolescente, enquanto chorava abraçado ao docente, que ia respondendo: “Eu aceito as tuas desculpas. Vai correr tudo bem”.

- Publicidade -

Destaques

- Publicidade -

Artigos do autor

16.04.2024